Quinta-feira
24 de Janeiro de 2019 - 
JEAN CLEBER GARCIA & ADVOGADOS
VERDADE COMPETÊNCIA ÉTICA E COMPROMISSO

Controle de Processos

Verifique aqui o andamento processual

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 3,80 3,80
EURO 4,32 4,32

Previsão do tempo

Hoje - Brasília, DF

Máx
31ºC
Min
18ºC
Parcialmente Nublado

Sexta-feira - Brasíli...

Máx
30ºC
Min
19ºC
Poss. de Panc. de Ch

Últimas notícias

BNMP 2.0 oferece acesso ao público

O Banco Nacional de Monitoramento de Prisões – BNMP 2.0 está disponível para acesso ao público em geral a partir deste mês. A novidade está disposta na Resolução n. 251/2018, editada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) no dia 4 deste mês. Goiás foi um dos primeiros Estados da federação a incluir identificação dos presos em tempo real e de forma inpidualizada, com trabalhos iniciados no início deste ano. Com a resolução, a metodologia passa a ser obrigação de todo juiz criminal, de todas as varas do Poder Judiciário Estadual, Federal, Militar. O BNMP 2.0 é ferramenta desenvolvida pelo CNJ para fazer o mapeamento da população carcerária brasileira, com informações do Poder Judiciário. Com base nas ações criminais a que presos provisórios respondem e nos processos de execução penal dos presos definitivos, inseridos em tempo real, o BNMP pode fornecer um quadro dinâmico da realidade prisional do país. O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) instituiu e regulamentou o Banco Nacional de Monitoramento de Prisões – BNMP 2.0, por meio da Resolução n. 251/2018. Com a iniciativa, a identificação dos presos em tempo real e de forma inpidualizada passa a ser uma obrigação de todo juiz criminal, de todas as varas do Poder Judiciário Estadual, Federal, Militar. Tweet
14/09/2018 (00:00)
Visitas no site:  498251
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.